Google Analytics – Visão de relatórios (Parte II)

Continuando a sequência de artigos sobre os principais relatórios do Google Analytics (veja a primeira e a segunda parte) veremos sobre:

ico_ga_aquisicaoAquisição

Esta seção ajuda a entender como as pessoas encontram o site e seus relatórios são importantes porque podem ajudar a entender melhor o investimento em marketing digital, como:

  • Comparar canais de marketing
  • Descobrir quais origens enviam tráfego de melhor qualidade
  • Tomada de decisões sobre onde concentrar os esforços publicitários

Por exemplo, quais canais ou estratégias agregam mais valor ao investimento?

 ga-aquisiscaoUm filtro interessante para seu utilizado é a “taxa de rejeição”, ela depende muito da página de destino para qual os usuários são enviados.

ga-p2

Veja no exemplo acima que a rede de Display traz pouco tráfego e mesmo assim mais de 50% saem antes de fazer qualquer interação com o site. Ou melhor ainda, quando comparar-se o acesso Direto com a Busca Paga percebe-se que, apesar de trazer um tráfego maior, a busca paga não retém tanto quanto quem acessa diretamente. Nessa situação, qual tráfego é melhor qualificado?

Todo tráfego – Canais

Os Canais representa, de forma global, quais são as principais fontes de acesso (busca orgânica, referências, busca paga, emails, redes sociais, …). É importante entender e mensurar os diferentes meios e como eles influenciam na divulgação do conteúdo. Claro que apenas atrair o usuário não é suficiente se o conteúdo oferecido não corresponder a expectativa de quem chega, como um banner display que promete algo e não entrega.

Usando os filtros disponíveis entre Dimensão primária e Dimensão secundária pode-se ter uma visão das conversões dos visitantes em usuários da plataforma.

Dimensão principal:

  • nenhuma
  • Origem/mídia
  • Origem
  • Mídia
  • Outros

Dimensão secundária:

  • Aquisição
  • Comércio eletrônico
  • Comportamento
  • Dimensões personalizadas
  • Hora
  • Publicidade
  • Redes sociais
  • Usuários
  • Variáveis

 Campanhas

Nessa subseção pode-se mensurar a efetividade de companhas criadas em anunciantes ou em ações dentro da própria página. Para isso, é necessário identificar as urls via UTM (trataremos disse em artigo futuro).

O tráfego do Google Adwords tem um nome de campanha atribuído automaticamente caso você tenha ativado a codificação automática. Qualquer campanha que não seja do AdWords deve ser atribuída manualmente com a codificação da campanha

Em nosso próximo artigo trabalharemos com a seção Comportamento. Até lá!

Você também pode gostar...